Momentos de amor
Rapidinhas
Atibaia - cidade dos morangos
Procurando terapias leia o Jornal O Legado
Por amor, falando de amor

Por amor, falando de amor

Falando um pouco de Amor, do amor casal, aquele amor de duas pessoas, que se doam.

É interessante que nos últimos 12 meses vi muitos casais se separando, outros tantos se unindo, outros em vias de separação mas relutantes e vários se mantendo. Mulheres com homens mais novos, homens com mulheres muito mais novas e muitos deles na mesma faixa etária.

Observei que a infelicidade foi comum na maioria dos casos presenciados por mim. Confesso que nunca imaginei existirem tantos casais infelizes, até parece que não há casal feliz na Terra. ora por problemas de dinheiro ou ora por problemas de filhos, família, saúde, entre outros. Houve até uma mulher que separou do marido porque ele estava doente e segundo ela não quis assumir sua convivência por fraqueza psicológica. Enfim não tinha percebido que em 12 meses eu havia colhido tantas histórias infelizes. Mas há uma infelicidade dentro da maioria dessas histórias que merece minha crítica em especial. Grande parte dos e das queixosas da felicidade é pelo fato do parceiro (a) ser um mentiroso (a)...

Que tipo de relacionamento pode haver em um ambiente formado por mentiras? Eu particularmente, por graças,  não vivo nesse ambiente, mas de coração, tenho dó das pessoas que são vítimas das mentiras no Amor, minha dó ainda é maior para com os mentirosos... É tão triste saber que alguém a quem se ama é um ser mentiroso que é difícil qualificá-lo... #P#

De um modo geral a mentira é horrível, mas vamos nos concentrar na mentira sendo dita em um relacionamento de um casal. Não importa se são casados ou namorados, o fato é, “falar mentira por quê?” Se há o amor, não vamos fazer o errado, pois o errado é descoberto e a mentira destrói a confiança. Ah! Falei uma palavra mágica... CONFIANÇA, pois é, o mentiroso não quer ser confiável. O mentiroso destrói sua autoconfiança e para com os outros, proporcionando uma vida medíocre, cheia de tristezas, pobre e rasteira, tornando-se um ser desprezível.
O mentiroso não tem honra para Amar ninguém. O mentiroso não merece ser Amado.

Amar é tão sublime que dificilmente não associamos esse sentimento com Deus.

Amar é respeitar aquele que nos ama e vive o dia-a-dia por nós.

Amar é saber ser amado.

Amar é ser puro nos sentimentos com o outro.

Quando nos Amam temos que respeitar essa pessoa que viu dentro de seu amado algo a mais que os outros não viram.

Quando nos Amam temos que compreender que essa pessoa está se doando com a alma.

Externar o Amor não é só soletrar da boca para fora “EU TE AMO”...

Amar é conviver com o próximo que mereça o seu amor e que saiba ser honesto com o seu sentimento, proporcionando uma vida de cumplicidade.

Tudo isso são fragmentos de situações de casais que estão sofrendo internamente em suas consciências e que desabafaram comigo ao longo desses 12 meses. #P#

Vejo pessoas traindo e voltando para seus parceiros como se trocassem de camisa. Um desrespeito total. Outras que mentem pra não levarem broncas porque desejavam estar flertando com fulano ou beltrano.

E em casos de namorados, a mentira é também de alto risco, porque a mentirosa, ou o mentiroso, estão naquela de fazer o outro de trouxa, o bobo da corte. Só que quem age assim, mentindo desfigurando o respeito alheio, cava seu próprio destino, pois encontrará um mentiroso maior e viverá tão infeliz quanto o fez a quem lhe amou com sinceridade e paixão.

É tão gostoso AMAR, mas, mais gostoso é ser AMADO.
Amar  é fazer amor porque um quer.

Quando o amor fala mais alto, o casal sabe o que um ou o outro deseja; suas vontades, seus afetos, seus “paparicos”... Como é gostoso amar.

Um casal que realmente ama tem no sexo a sua bandeira de posse, um é do outro. Tem aquele tocar diferente, o beijo na boca, o coração que dispara, o suspiro da paixão, o carinho com felicidade, a ternura, o abraço aconchegante, o enrolar-se corpo-a-corpo, os segundos que parecerão horas e ao mesmo tempo parecerão menos que um instante. Instante esse que crava na nossa memória e nos traz as lembranças dos perfumes, das vozes, dos olhares, do contato com a pele, a mistura do amor com a paixão...

Como é bom amar... mas sem mentiras!

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2020
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto de Alberto Sugamele

Artigos Relacionados